Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual


O Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual, composto por cinco editais, destina mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor e contempla, pela primeira vez, projetos para canais web e aplicativos, além de festivais e mostras de audiovisual. Desde 2011, o MinC não lançava com recursos próprios um pacote de editais tão amplo para o setor de audiovisual.
Para incentivar a produção de novas mídias, o Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual vai apoiar a criação de dezesseis canais de veiculação gratuita na internet por meio de dois editais. O edital direcionado à juventude vlogueira reservará R$ 50 mil a cada um dos contemplados, que deverão postar vídeos periodicamente. Pelo edital App Pra Cultura, quarenta aplicativos e jogos eletrônicos culturais serão agraciados com R$ 20 mil cada, sendo que vinte aplicativos devem ser voltados especificamente para o cinema.
O Programa contempla também editais já tradicionais da SAv, como o de curtas-metragens e o de roteiro. O Edital de Apoio à Produção de Curta-Metragem selecionará e apoiará a produção de quarenta e cinco obras audiovisuais, de dez a quize minutos. Serão duas modalidades, uma de temática e público livres, contemplando trinta obras, e uma direcionada às diretoras mulheres, com temática livre, configurando-se como a segunda edição do edital Carmen Santos, realizado em 2013. O valor do apoio a cada projeto é de R$ 80 mil.
O Edital de Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos – Novos Roteiristas selecionará doze projetos de roteiros cinematográficos de longa-metragem, com o valor de apoio, por projeto, de R$ 40 mil.

O apoio a mostras e festivais, por meio de edital, além de uma demanda antiga do setor audiovisual, é outra novidade do Programa. O incentivo a esse tipo de evento só se tornou possível após publicação da Portaria do MinC Nº 27/2017, que criou o Programa Nacional de Apoio a Festivais e Mostras Audiovisuais.
Este é o primeiro edital para mostras e festivais depois da publicação da portaria. Ele foi dividido em três modalidades, que levam em consideração o número de festivais e a quantidade de edições realizadas anteriormente. A primeira categoria, que reserva R$ 80 mil por projeto, selecionará dez festivais ou mostras audiovisuais que tenham, no mínimo, duas edições realizadas. A segunda categoria terá R$ 150 mil por projeto e beneficiará oito festivais ou mostras audiovisuais com no mínimo cinco edições promovidas. Por último, serão pagos R$ 250 mil por projeto para quatro festivais ou mostras audiovisuais que já tenham pelo menos dez edições já executadas.

CRONOGRAMA
– Inscrições: até 21 de agosto/2015, via online, por meio do sistema SalicWeb
– Taxa de inscrição: não
– Incentivo financeiros: sim
– Edital e Inscrição: http://bit.ly/2ufdrCW