PRoAC Editais 2016

Editais-Proac SP-2016_editais-e-afins
Com o objetivo de fomentar e difundir a produção artística em todas as regiões do Estado, o ProAC apoia financeiramente projetos artísticos, selecionados por meio de Editais. Diversas expressões culturais são contempladas pelo programa em Editais específicos, entre elas: teatro, dança, música, literatura, circo, artes cênicas para crianças, festivais de arte, audiovisual, museus, diversidade e artes visuais.
Lançados anualmente, os Editais funcionam como concursos, nos quais os projetos inscritos são avaliados por uma comissão composta por especialistas do segmento escolhido. A verba é oriunda de recursos próprios da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Os grupos beneficiados pelo ProAC devem obrigatoriamente oferecer contrapartidas sociais, na forma, por exemplo, de exibição de espetáculos a preços populares ou gratuitos.

Editais com Inscrições Abertas

No concurso destinado à gravação de álbum inédito com apresentações ou circulação de espetáculos, serão selecionados dez trabalhos divididos em dois módulos. O módulo 1 contemplará seis projetos de circulação de espetáculos, com prêmio de R$ 80 mil. O módulo 2 terá quatro prêmios com foco na gravação de álbum inédito com apresentações de espetáculos, também com prêmio de R$ 80 mil. Todos os projetos devem abranger qualquer estilo de música popular, acompanhada ou não de instrumentos.

A música popular instrumental também será apoiada por um edital específico. O estilo abrange qualquer gênero musical que não seja erudito. Serão oito projetos selecionados para gravação e realização de shows, com prêmio de R$ 80 mil.

Os editais estabelecem que 50% dos projetos selecionados sejam de proponentes do interior, litoral e Grande São Paulo. Ao se inscrever, o proponente que deseja inserir o seu projeto dentro da cota deverá comprovar atuação artística na região, assim como sua sede e residência por meio de comprovante de endereço cadastrado. Todas essas informações devem ser declaradas no sistema digital.
O prazo para inscrições vai até 18 de julho.

O concurso para a área circense vai até 20 de julho. As inscrições para participar dos editais de difusão e preservação de acervos museológicos vão até 28 de julho. Os proponentes interessados nas áreas de literatura e cultura e cidadania podem se inscrever até 29 de julho.

Para obter apoio aos seus projetos, os artistas circenses podem se inscrever no edital de circo de lona com itinerância, no qual serão contemplados sete projetos com prêmio de R$ 60 mil cada. Outro concurso disponível é para montagem e temporada ou circulação de espetáculos, que premiará nove projetos no valor de R$ 60 mil cada. Esses dois editais são destinados apenas para pessoas jurídicas. O terceiro edital é destinado a pessoas físicas, para produção e apresentações de número circense, contemplará 15 propostas, com prêmio de R$ 15 mil cada.

Escritores e agentes culturais podem se inscrever para ganhar incentivo aos seus projetos literários em dois editais: incentivo à criação literária – texto de dramaturgia e apoio às iniciativas que estimulem a leitura em bibliotecas. No primeiro edital, serão contemplados seis projetos, com prêmios de R$ 10 mil. Para participar, os autores terão de apresentar um texto original em dramaturgia, voltado tanto para literatura adulta ou infanto-juvenil. No concurso que estimula a leitura em bibliotecas serão premiadas seis iniciativas que envolvam ações como leituras, atividades culturais, oficinas, cursos e palestras, que sejam realizados dentro de bibliotecas municipais. O incentivo será de R$ 40 mil. Ambos os editais são válidos para pessoas físicas.

As inscrições para a linguagem Cultura e Cidadania contemplam dois segmentos: Promoção das Culturas Populares e Tradicionais e Hip Hop. No concurso de Culturas Populares e Tradicionais serão premiados 12 projetos, com prêmios de R$ 40 mil cada, que valorizem os diversos grupos e manifestações vinculadas à perpetuação das tradições em diferentes vertentes no Estado. Já o edital de Hip Hop selecionará 10 propostas com prêmio de R$ 40 mil. As iniciativas devem contemplar uma ou mais atividades descritas no documento como grafite e dança, entre outros segmentos.

Há também inscrições para os editais de difusão e preservação de acervos museológicos. No concurso para obter apoio à difusão de acervos museológicos, serão premiados oito projetos divididos em dois módulos: no primeiro serão contemplados quatro iniciativas com prêmio de R$ 30 mil. No segundo, serão premiados mais quatro projetos, com valor de R$ 75 mil. No edital de preservação de acervos museológicos, também serão premiadas oito propostas, dividas em dois módulos. No primeiro, projetos aprovados receberão R$ 30 mil. Quem se inscrever no segundo módulo, estará concorrendo a quatro prêmios de R$ 75 mil.

Os editais estabelecem que 50% dos projetos selecionados sejam de proponentes do interior, litoral e Grande São Paulo. Ao se inscrever, o proponente que deseja inserir o seu projeto dentro da cota deverá comprovar atuação artística na região, assim como sua sede e residência por meio de comprovante de endereço cadastrado. Todas essas informações devem ser declaradas no sistema digital.

Também estão abertas as inscrições para os editais de teatro, festivais de artes, dança, gravação de álbum inédito de canção com apresentação ou circulação de shows, gravação de disco e realização de música popular instrumental, além de artes cênicas voltado para o público infantil e para a rua.

Todos os editais estão disponíveis no site da Secretaria de Cultura: http://bit.ly/1Eq5LZK