Close

Funarte lança mais três editais nas áreas de circo, dança e teatro

funarte_editais-e-afins

Com um total de investimento de R$ 15 milhões, a Fundação Nacional de Artes lançou, três de seus principais editais de fomento: o Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2015, o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna e o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz.
Alguns dos objetivos dos programas são: possibilitar o desenvolvimento de atividades artísticas, incentivando a criação e a circulação de espetáculos; além de contribuir para a manutenção de coletivos, grupos e companhias, para a formação de artistas e para o estímulo à pesquisa.
Todos os programas têm abrangência nacional e as inscrições via web, exceto o Prêmio Carequinha que será via Correios estão abertas até o dia 11 de setembro.

Confira abaixo os editais lançados e links de acesso às informações:

Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2015
Podem participar pessoas físicas ou jurídicas, de acordo com cada uma das cinco categorias estabelecidas no edital – sendo que algumas delas são divididas em módulos financeiros, com diferentes valores de premiação. As categorias são: Circos de lona; Criação ou Circulação de Números; Espetáculos; Processos Formativos; e Formação em Artes do Circo.
– Projetos a serem contemplados: 113
– Investimento: R$ 6 milhões, entre premiação e custos administrativos.

Link: http://bit.ly/1JyblPG


Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015
Para projetos que abrangem a circulação nacional de espetáculos e atividades artísticas de profissionais com trabalho consolidado e de novos talentos.
– Projetos a serem contemplados: 61
– Investimento: R$4,5 milhões, entre premiação e custos administrativos.

Link: http://bit.ly/1gqjU4a


Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2015
Para projetos divididos em duas categorias: Circulação de Espetáculos; e Montagem de Espetáculos ou Manutenção de Atividades continuadas de Coletivos, Grupos e Companhias
– Projetos a serem contemplados: 52
– Investimento: R$4,5 milhões, entre premiação e custos administrativos.

Link: http://bit.ly/1VPFW0b